5 dicas de ouro para começar a correr e evitar lesões

Dores no joelho após o treino: o que fazer?
julho 21, 2018
Como a atividade física pode prevenir o câncer de mama
outubro 23, 2018

É cada vez mais comum ver adeptos da corrida ganhando as ruas com a prática da atividade. E se você quer se juntar a eles, está em um nível iniciante ou intermediário na prática de atividades físicas e não sabe como começar, apresentamos aqui cinco dicas de ouro para evitar que a nova empreitada acabe em lesões e frustrações. Afinal, a corrida pode – e deve! – ser um momento de prazer na sua rotina.

– Não deixe a avaliação física de lado

Você já deve ter ouvido essa dica e muitos deixam essa etapa para trás. Mas ela é fundamental para um planejamento de sucesso na adesão a qualquer atividade física. Então, procure um médico e conte para ele o seu objetivo, para que ele possa avaliar seus limites. Um profissional também pode ajudar a solucionar o próximo tópico.

– A escolha do tênis é importante

Não é preciso ter o tênis da moda ou o mais caro, mas a escolha do calçado adequado pode evitar o aparecimento ou agravamento de lesões nas articulações, como no joelho. Por isso, após a avaliação física, você terá informações sobre as características do tênis ideal para correr, de acordo com o seu corpo. Conhecer o seu tipo de pisada – pronada, normal ou supinada – também ajuda neste processo. No geral, fique atento a modelos de solado macio, que ajudem a absorver o impacto.

– Comece aos poucos e com treinos intercalados

Não vale a pena querer correr como o famoso personagem Forrest Gump logo nos primeiros dias. O seu corpo precisa de tempo para se adaptar. Você pode começar a correr três vezes por semana, estabeleça treinos intercalando caminhada e corrida no início, e aumente gradativamente o tempo que passa correndo. E não esqueça de investir no alongamento, também três vezes por semana, pois a flexibilidade também conta muito na prevenção de lesões.

– Fortaleça pernas, quadris e coxas

O seu corpo precisa estar preparado para o impacto da corrida. Por isso, manter uma rotina de exercícios de fortalecimento muscular, intercalando os dias de corrida, é muito importante, principalmente para as pernas, quadris e coxas.

– O descanso é sagrado

Começou a correr ontem e hoje está se sentindo bem? Ótimo, mas respeite o tempo de descanso do seu corpo e não corra hoje. Ele precisa processar essa nova informação. Lembre-se: a pressa é inimiga da perfeição.