Novembro Azul: cuidados para prevenir o câncer de próstata

Bicicleta: evite as lesões e incômodos mais comuns
outubro 26, 2017
Conheça os benefícios e principais nutrientes de cinco tipos de chás
novembro 13, 2017

 

Acabamos o Outubro Rosa, campanha de prevenção ao câncer de mama, e iniciamos o mês com outra campanha muito importante, o Novembro Azul. Dessa vez, a ideia é conscientizar o público masculino para prevenir o câncer de próstata.

E o alerta é válido. De acordo com dados do Ministério da Saúde, a cada 36 minutos um homem morre no país em decorrência do câncer de próstata. Realizada pela ONG Instituto Lado a Lado pela Vida, em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), o Novembro Azul traz o tema para o debate público e alerta para a necessidade de diagnosticar precocemente a doença. Segundo a SBU, 20% dos pacientes são diagnosticados em estágios avançados, o que faz com a taxa de mortalidade chegue a 25% dos pacientes.

E como prevenir? Os estudos na área apontam que para redução nos fatores de risco é recomendável a adoção de práticas saudáveis. A seguir, listamos algumas dicas para você passar longe da doença.

 

Tenha uma dieta balanceada

Estudos apontam que uma dieta com baixa quantidade de gorduras e repleta de frutas e vegetais pode reduzir o risco de se desenvolver o câncer de próstata. Invista também em grãos e cereais integrais.

 

Adote uma rotina de prática de exercícios

Pelo menos 30 minutos por dia é o recomendado para diminuir o risco de doenças em geral, com o câncer não é diferente. Mantenha o seu corpo em movimento e saudável, procure uma atividade física que tenha mais afinidade. O importante é não ficar parado.

 

Controle o seu peso

A obesidade está relacionada ao aumento do risco de diversos cânceres, incluindo o de próstata. Se você possui sobrepeso, trabalhe para diminuí-lo. Dieta e atividade física é a receita mais tradicional para redução de peso com saúde. Procure um especialista em ambas as áreas e saía do sedentarismo.

 

Faça sempre exames de rotina

Esses hábitos podem ajudar a reduzir a ameaça do câncer de próstata, porém, nunca se deve deixar de consultar um especialista e realizar exames de rotina, principalmente quando o homem passa dos 40 anos. Os exames preventivos devem ser feitos nas unidades básicas de saúde ou nas equipes de saúde de família. O câncer de próstata é identificado através do exame de toque retal e da dosagem do PSA no sangue.